Comissão de Geoparques - CG


Home   |   Regimento   |   Atas   |   Planos de trabalhos   |   Relatórios          


 Eventos | ArtigosTeses, Dissertações e Monografias | Inventários | Publicações da CG-SBG | Links Úteis

 

 

 

Setembro

 

I Webinar Aspirantes e Projetos de Geoparques no Brasil:

realidades e desafios

 

 

No período de 18/9 até 9/10, semanalmente, foi realizado o “I Webinar Aspirantes e Projetos de Geoparques: realidades e desafios. O evento foi uma iniciativa da Comissão de Geoparques da SBG e teve o apoio logístico da diretoria executiva da Sociedade.
Ele se constituiu no primeiro evento no país a tratar especificamente sobre a temática dos Geoparques e teve como objetivos:

a) Nivelar os conhecimentos dos participantes sobre o Programa Internacional de Geociências e Geoparques da UNESCO;
b) Divulgar as ações dos diferentes Aspirantes e Projetos de Geoparques no Brasil favorecendo o trabalho em rede. Hoje, nós temos 2 Aspirantes com dossiê entregue, 2 Aspirantes com carta de intenção entregue e 34 Projetos de Geoparques no Brasil, em diferentes níveis de desenvolvimento;
c) Proporcionar uma maior visibilidade e despertar o interesse e o debate sobre a implementação dos projetos de geoparques no Brasil; e
d) Divulgar a atuação da Comissão de Geoparques da SBG.

 

 

No 1º Dia, com o tema O Geoparque Mundial, Aspirantes e Projetos de Geoparques no Brasil conhecemos a importância do Projeto Geoparques no Brasil do Serviço Geológico (Carlos Schobbenhaus - CPRM). O que é o Programa Internacional de Geociências e Geoparques da UNESCO que certifica o território enquanto Geoparques Mundial UNESCO e o processo de candidatura (Helga Chulepin - Conselho de Geoparques Mundiais da UNESCO). Vimos como o Araripe Geoparque Mundial UNESCO tem trabalhado nos últimos anos (Nivaldo Costa - Araripe UGG) e por fim tivemos uma panorâmica a cerca dos aspirantes e projetos de geoparques no Brasil (Marcos Nascimento - UFRN e Geoparque Seridó).

 

 

 

No 2º dia, com o tema Os Territórios Brasileiros Aspirantes a Geoparque frente às Instituições Nacionais e Internacionais conhecemos a função da Comissão Nacional para UNESCO (Ricardo Rizzo - Comissão Nacional para UNESCO, Divisão de Nações Unidas III, Ministério das Relações Exteriores) junto ao Programa de Geoparques, com o mesmo se comprometendo em contribuir com o desenvolvimento da temática no Brasil e buscar formas de cria o Comitê Nacional de Geoparques. Em seguida vimos como é a participação do Escritório da UNESCO (Glauco Freitas - Programa de Ciências Naturais da UNESCO no Brasil) junto aos Aspirantes e Projetos. Vimos ainda como o Ministério do Turismo (Nicole Facuri - Departamento de Inteligência Mercadológica e Competitiva do Turismo) poderá contribuir com os vários aspirantes e projetos e o empenho da entidade em construir uma agenda de discussão sobre o assunto. Por fim, ouvimos representantes dos 2 aspirantes a geoparques mundiais da UNESCO que estão mais adiantados no Brasil [Fabiano Silva - Geoparque Aspirante Caminhos dos Cânions do Sul (RS/SC) e Janaína Medeiros - Geoparque Aspirante Seridó (RN)] com suas diferentes ações a favor dos territórios. Todas essas entidades ao final se disponibilizaram para trabalhar em conjunto e com os aspirante e projetos de geoparques ir construindo estratégias para apoiar e fortalecer as candidaturas brasileiras.

 

 

 

No 3º dia, com o tema Ações de Sucesso em Aspirantes e Projetos de Geoparques no Brasil, 2 aspirantes e 6 projetos de geoparques (Caçapava, Quarta Colônia, Costões e Lagunas, Serra de Sincorá, Corumbataí, Uberaba, São Desidério e Chapada dos Guimarães) que estão num estágio mais adiantado, nos falaram sobre suas ações de sucessos com destaque para artesanatos, educação, comunicação, desenvolvimento institucional, promoção e divulgação e mobilização social.

 

 

 

Por fim, no 4º dia, com o tema Os Projetos de Geoparque no Brasil, 10 projetos (Fernando de Noronha, Serra da Capivara, Sete Cidades-Pedro II, Vale das Águas, Chapada dos Veadeiros, Poços de Caldas, Sertão Monumental, Pedras Brancas, Cariri Paraibano e Pireneus) mostraram como estão trabalhando seus territórios com diferentes focos.

 

 

A realização do evento de forma virtual permitiu que as experiências dos diferentes aspirantes e projetos de geoparques no Brasil chegassem a um público diverso, dos habitantes mais simples dos territórios aos estudantes e pesquisadores de universidades e diferentes instituições, pessoas com formações diferentes em consonância com o conceito de geoparques que, para a sua implementação, necessita de diferentes profissionais como geógrafos, turismólogos, administradores, biólogos, historiadores, arqueólogos, entre outros e não somente aqueles da Geologia.

 

A participação de representantes de entidades direta e indiretamente ligadas ao Programa da UNESCO possibilitou alcançarmos os objetivos propostos para o evento, mas também estreitar os laços fraternos em busca de um bem comum que é propagar a temática dos Geoparques de forma organizada, participativa e em rede, um dos pilares básico de qualquer geoparque no Mundo.

 

O evento em números mostra a emissão de 199 certificados. Tivemos um alcance de pessoas que efetivamente viram todo o vídeo no Youtube de 2.941, sendo, no acumulado de dias, 1.400 para o 1º dia, 673 para o 2º dia e 868 para o 3º dia, com média de 980 pessoas. Já no facebook o total de visualizações foi de 6.410 pessoas, sendo 2.616 no 1º dia, 1.902 no 2º dia e 1.892 no 3º dia, com média de 2.137 pessoas. As palestras foram gravadas e os vídeos encontram-se disponíveis no canal do YouTube e no Facebook da SBG.

 

                         

 

Contato

Rua do Lago, 562 Cidade Universitária - USP | CEP 05508-080| São Paulo, SP - Brasil  

sbgsede@sbgeo.org.br | Tel/Fax: +55 11 3812-6166

 

geoparques@geoparques-sbg.org.br

 

 

Desenvolvido por: Isabelle Pipper

isabellepipper@ufpr.br